Em série tocante e poderosa, fotojornalista capta animais que foram vítimas de abuso


Considerando que todos os animais registrados pelas lentes da fotógrafa Jo-Anne McArthur foram agredidos e abusados por mãos humanas (antes de chegarem ao santuário de recuperação de animais onde as fotos são tiradas), e que ainda assim os bichos demonstram afeto, alegria e confiança com a presença de outras pessoas, podemos concluir que o material mais forte das imagens de Jo-Anne é a inteligência, bondade e a capacidade de perdoar desses animais fotografados.

Há 15 anos Jo-Anne fotografa esses animais em recuperação, em santuários pelo mundo todo.

Algumas histórias terminam em finais felizes, com o animal novamente saudável e devidamente feliz. A maioria, porém, se encerra no esforço para oferecer conforto e carinho para os últimos dias de um animal violentado, à beira da morte. Segundo ela diz em seu livro We Animals ("Nós, animais"), “todos os animais merecem algum lugar onde possam se recuperar, onde possam ser amados, onde possam experimentar suas escolhas e sua autonomia”.

Um santuário em especial, o Farm Sanctuary, é hoje para Jo-Anne como uma segunda casa, onde ela encontra animais com os quais já possui extensa relação, onde aprendeu a se tornar uma ativista, e onde vai para se recuperar de toda crueldade que testemunha. A medida da gratidão e do amor oferecido pelos animais é também, em inversa proporção, a medida da ignorância humana ao agredi-los.













Fonte: Hypeness

Fotos: Jo-Anne McArthur


NOTAS DA NATUREZA EM FORMA:


2. Animais não são alimento, nenhum deles. Eles não são comida nem escravos dos humanos. Sentem como todos nós e por isso merecem a vida e a liberdade. A alimentação vegetariana estrita, sem carne de qualquer tipo ou derivados (laticínios, ovos, mel), já está provada como sendo a mais saudável para os humanos. Quem opta pelo veganismo (que engloba não somente a dieta vegetariana estrita, como também o não uso de roupas e acessórios de couro, lã, pele e seda, assim como o boicote a "atrações" que exploram os animais, como zoológicos, circos e aquários, e a empresas que fazem testes em animais) está fazendo um bem pelos animais e para sua própria saúde e vida. E não é difícil nem caro. Quer uma ajuda para começar a parar de comer carne? O primeiro passo é a informação. Aprenda com quem já vive esse estilo de vida: pergunte, pesquise. Use as redes sociais para expandir seu conhecimento sobre vários assuntos, inclusive esse, que é vital para você e um imensurável número de vidas inocentes. Há diversos grupos sobre o tema no Facebook. Listamos abaixo alguns deles:

Troll Ajuda disponibiliza um tópico fixo com uma lista de produtos (não só para alimentação) livres de crueldade animal e oferece sempre diversas dicas para iniciantes e "veteranos";

Veganismo é um dos maiores grupos sobre o tema no Facebook, com quase 50 mil membros sempre compartilhando experiências e tirando dúvidas;

Veganismo Popular desmitifica a ideia de que veganismo é caro. É perfeitamente viável seguir uma alimentação diária sem crueldade animal e sem maltratar o bolso;

Musculação Vegana é voltado para os praticantes de atividades físicas. Nele, você pode ver como é preconceituosa e errada a ideia que algumas pessoas tentam propagar, de que vegetarianos estritos são fracos fisicamente (muito pelo contrário, são mais fortes e saudáveis). O grupo oferece diversas dicas de alimentação e suplementação vegana.

Existem ainda sites e blogues com deliciosas receitas veganas, simples e baratas de fazer. Estes são alguns: 




Viewganas (canal do YouTube especializado em versões veganas de receitas tradicionais com carne) 

Já a Revista dos Vegetarianos é uma publicação mensal (impressa e on-line) com excelente conteúdo que vai bem além de receitas, focando a saúde como um todo. 

Mapa Vegano lista diversos estabelecimentos em todo o Brasil, abrangendo produtos e serviços de alimentos e bebidas, higiene e beleza, roupas e acessórios, ONGs e outros. 

E para dar uma força aos iniciantes, o Mercy for Animals Brasil disponibiliza um Guia Vegetariano gratuito em seu site. Nele, você encontra diversas informações que podem norteá-lo no começo de uma nova vida. O Desafio 21 Dias Sem Carne também pode ser uma boa forma de você começar - e descobrir que consegue abolir definitivamente os animais do seu cardápio.

Mas já saiba desde o começo que abraçar o veganismo é uma mudança e tanto, que fará um imenso bem para você, para os animais e para o planeta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário