Galinhas resgatadas de granja ajudam a disseminar compaixão durante a Páscoa


Graças a ativistas, duas galinhas escaparam da morte na Páscoa e agora terão a chance de viver sem sofrimento. No espírito da época, seus defensores esperam que essa história inspire mais pessoas a ajudar outros animais como elas.

As pequenas galinhas, que receberam o nome de Luna e Minerva em homenagem a personagens da série Harry Potter, foram resgatadas de uma granja australiana por investigadores infiltrados do grupo In Defense of Animals (IDA).

De acordo com o IDA, Luna e Minerva foram levadas para um local seguro, onde receberão todos os cuidados que necessitam e terão uma vida completamente diferente.

“Foi um momento mágico ver Minerva corajosamente sair de sua caixa de transporte pela primeira vez, ao perceber que estava em um ambiente seguro”, conta um apoiador anônimo do IDA que salvou as galinhas.

“Quando Minerva começou a piar, Luna fez o mesmo, e elas correram juntas, desfrutando da grama sob seus pés e o céu pela primeira vez em suas vidas. Libertamos essas aves carinhosas e inteligentes para que o mundo inteiro veja”, completa.


Infelizmente, Luna e Minerva são apenas duas entre 60 mil galinhas e pintinhos mantidos em um galpão que não terão a mesma sorte, informa o site da causa animal Care2.

Uma filmagem divulgada pelo IDA mostra a realidade sombria da breve vida das galinhas criadas por suas carnes, como Luna e Minerva, antes de serem brutalmente assassinadas. Além disso, o grupo expõe os horrores da criação livre de gaiolas.

Com somente três semanas de vida, Luna e Minerva são apenas bebês, mas a reprodução seletiva e a modificação genética fez com que elas atingissem o peso de um adulto muito rapidamente.

O crescimento dos animais de corte resulta na incapacidade de andar e os deixa vulneráveis a outros problemas de saúde, incluindo doenças cardíacas.

As condições nas quais eles são mantidos também acarreta queimaduras de amônia e doenças respiratórias devido à exposição a altas concentrações de amônia proveniente do acúmulo de fezes.


Infelizmente, muitas aves vistas nas filmagens sofrem com esses problemas, enquanto os corpos das que não sobreviveram foram deixados apodrecendo ou consumidos por outras galinhas desesperadas por alimento.

“É chocante que esse abuso de animais seja legalizado. Galinhas e todos os animais explorados em fazendas na Austrália são praticamente excluídos das leis de proteção animal devido a brechas no Código de Práticas dos Estado”, diz o IDA.

O cenário não é muito diferente nos EUA. Galinhas e outras aves são excluídas das leis de crueldade animal na maioria dos estados e, especificamente, de quaisquer leis federais existentes que possam protegê-las, incluindo a Lei de Bem-Estar Animal.

Globalmente, bilhões de animais enfrentam uma morte dolorosa, mas as pessoas podem mudar isso. O IDA tem encorajado o público a ajudar a acabar com esse sofrimento, optando por alternativas à base de vegetais ao invés do consumo de carne e outros produtos de origem animal.


Há esperanças de que Luna e Minerva se recuperem de seus passados trágicos e suas histórias inspirem mais pessoas a mudar seus hábitos.

“Esses filhotes gentis foram destinados a um fim violento, mas agora ganharam uma segunda chance na vida, diz a presidente do IDA, Marilyn Kroplick.

“Luna e Minerva estão seguras, mas um pesadelo ocorre para milhões de aves na Páscoa*. Todas as galinhas criadas por suas carnes têm uma vida curta e uma morte brutal. Você tem o poder de acabar com o sofrimento da Páscoa deixando-as fora do seu prato”, conclui.





Fotos: In Defense of Animals


NOTAS DA NATUREZA EM FORMA:

1. *"...um pesadelo ocorre para milhões de aves na Páscoa. (...) Você tem o poder de acabar com o sofrimento da Páscoa deixando-as fora do seu prato." Melhor dizendo: um pesadelo ocorre para BILHÕES de aves, bovinos, porcos, peixes e muitos outros animais inocentes todos os anos, no mundo todo. Você tem o poder de acabar com o sofrimento desses animais em qualquer época do ano, deixando-os fora do seu prato. E não é difícil como parece - leia a nota seguinte.

2. Animais não são alimento, nenhum deles. Eles não são comida nem escravos dos humanos. Sentem como todos nós e por isso merecem a vida e a liberdade. A alimentação vegetariana estrita, sem carne de qualquer tipo ou derivados (laticínios, ovos, mel), já está provada como sendo a mais saudável para os humanos. Quem opta pelo veganismo (que engloba não somente a dieta vegetariana estrita, como também o não uso de roupas e acessórios de couro, lã, pele e seda, assim como o boicote a "atrações" que exploram os animais, como zoológicos, circos e aquários, e a empresas que fazem testes em animais) está fazendo um bem pelos animais e para sua própria saúde e vida. E não é difícil nem caro. Quer uma ajuda para começar a parar de comer carne? O primeiro passo é a informação. Aprenda com quem já vive esse estilo de vida: pergunte, pesquise. Use as redes sociais para expandir seu conhecimento sobre vários assuntos, inclusive esse, que é vital para você e um imensurável número de vidas inocentes. Há diversos grupos sobre o tema no Facebook. Listamos abaixo alguns deles:

Troll Ajuda disponibiliza um tópico fixo com uma lista de produtos (não só para alimentação) livres de crueldade animal e oferece sempre diversas dicas para iniciantes e "veteranos";

Veganismo é um dos maiores grupos sobre o tema no Facebook, com quase 50 mil membros sempre compartilhando experiências e tirando dúvidas;

Veganismo Popular desmitifica a ideia de que veganismo é caro. É perfeitamente viável seguir uma alimentação diária sem crueldade animal e sem maltratar o bolso;

Musculação Vegana é voltado para os praticantes de atividades físicas. Nele, você pode ver como é preconceituosa e errada a ideia que algumas pessoas tentam propagar, de que vegetarianos estritos são fracos fisicamente (muito pelo contrário, são mais fortes e saudáveis). O grupo oferece diversas dicas de alimentação e suplementação vegana.

Existem ainda sites e blogues com deliciosas receitas veganas, simples e baratas de fazer. Estes são alguns: 




Viewganas (canal do YouTube especializado em versões veganas de receitas tradicionais com carne) 

Já a Revista dos Vegetarianos é uma publicação mensal (impressa e on-line) com excelente conteúdo que vai bem além de receitas, focando a saúde como um todo. 

Mapa Vegano lista diversos estabelecimentos em todo o Brasil, abrangendo produtos e serviços de alimentos e bebidas, higiene e beleza, roupas e acessórios, ONGs e outros. 

E para dar uma força aos iniciantes, o Mercy for Animals Brasil disponibiliza um Guia Vegetariano gratuito em seu site. Nele, você encontra diversas informações que podem norteá-lo no começo de uma nova vida. O Desafio 21 Dias Sem Carne também pode ser uma boa forma de você começar - e descobrir que consegue abolir definitivamente os animais do seu cardápio.

Mas já saiba desde o começo que abraçar o veganismo é uma mudança e tanto, que fará um imenso bem para você, para os animais e para o planeta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário