São Paulo receberá festival de carne de cachorro


Felizmente, essa notícia não é verdade. Por outro lado, todos os dias, mais de 15 milhões de animais tão inteligentes e dóceis quanto cachorros são abatidos para a indústria alimentícia só no Brasil. 15 MILHÕES. E isso é uma realidade.

No Festival de Yulin, na China, 10 mil cães são abatidos para alimentação em um único dia. Uma notícia que é capaz de chocar dezenas de milhões de brasileiros ainda é incapaz de levá-los a fazer a conexão e compreender: vacas, galinhas, porcos, cães e gatos são igualmente inteligentes e dóceis. E querem viver, assim como nós.

Recentemente, foi anunciado o Festival do Bacon, que acontecerá em São Paulo. Faça a conexão. Assista ao vídeo. Não coma animais.


NOTA DA NATUREZA EM FORMA:

Animais não são alimento, nenhum deles. Eles não são comida nem escravos dos humanos. Sentem como todos nós e por isso merecem a vida e a liberdade. A alimentação vegana, sem carne de qualquer tipo ou derivados (laticínios, ovos, mel), já está provada como sendo a mais saudável para os humanos. Quem opta pelo veganismo está fazendo um bem pelos animais e para sua própria saúde e vida. E não é difícil nem caro. Quer uma ajuda para começar a parar de comer carne? O primeiro passo é a informação. Aprenda com quem já vive esse estilo de vida: pergunte, pesquise. Use as redes sociais para expandir seu conhecimento sobre vários assuntos, inclusive esse, que é vital para você e milhões de vidas inocentes. Há diversos grupos sobre o tema no Facebook. Listamos abaixo alguns deles:

- Troll Ajuda disponibiliza uma lista de produtos (não só para alimentação) livres de crueldade animal e oferece sempre diversas dicas para iniciantes;

- Veganismo é um dos maiores grupos sobre o tema no Facebook, com quase 50 mil membros sempre compartilhando experiências e tirando dúvidas; 

Veganismo Popular desmitifica outra inverdade. Veganismo não é caro. É perfeitamente viável seguir uma alimentação diária sem crueldade animal e sem maltratar seu bolso;

- Musculação Vegana é voltado para os praticantes de atividades físicas. Nele, você pode ver como é preconceituosa e errada a ideia que algumas pessoas tentam propagar, de que vegetarianos e veganos são fracos fisicamente (muito pelo contrário, veganos são mais fortes e saudáveis). O grupo oferece diversas dicas de alimentação e suplementação vegana.

Além dos grupos, o Mercy for Animals Brasil disponibiliza um Guia Vegetariano gratuito em seu site. Nele, você encontra diversas informações que podem norteá-lo no começo de uma nova vida. O Desafio 21 Dias Sem Carne também pode ser uma boa forma de começar.

Existem ainda sites e blogues com deliciosas receitas veganas, fáceis e baratas de fazer. Estes são alguns:




Viewganas (canal do YouTube especializado em versões veganas de receitas tradicionais com carne)

Essas são algumas dicas. Na vasta rede da internet, é possível encontrar muito mais. Sabemos que mudanças de hábito são difíceis, mas todos que optaram por qualquer mudança deram o primeiro passo em algum momento da vida. E mudanças podem ser graduais. Comece aos poucos, dê um passo de cada vez. 

Mas já saiba desde o começo que abraçar o veganismo é uma mudança e tanto, que fará um imenso bem para você, para os animais e para o planeta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário