Virgin America não serve mais nada com carne em seus voos após dono se tornar vegetariano [e não é só isso!]


O bilionário inglês Richard Branson, que está à frente de dezenas de empresas do grupo Virgin, esteve no Brasil recentemente para um evento sobre economia sustentável.

Branson falou sobre a experiência de tirar todos os tipos de carnes dos cardápios de suas empresas, incluindo da companhia aérea norte-americana Virgin America, hotéis e trens do grupo empresarial Virgin.

O empresário deixou de comer carne em 2014 e, desde então, vinha estudando uma forma de fazer algo com suas empresas para ajudar o planeta. A preservação da Floresta Amazônica é uma das principais bandeiras do empresário, que também é filantropo e ativista ambiental.

Após conversar com outros empresários simpatizantes da causa, Branson chegou à conclusão de que precisaria mudar o cardápio servido em suas empresas. Isso porque a pecuária, especialmente aquela dedicada à produção de carnes, é uma das principais responsáveis pelo aquecimento global. Durante um ano, o cardápio ficou metade com carne, metade vegetariano.

Após o período de adaptação, Branson soube que ninguém reclamou da mudança nos aviões e que o cardápio sem carnes fez muito sucesso. Apenas um casal em um dos hotéis da Virgin reclamou das mudanças. Em 2016, a mudança completa foi feita e as empresas do grupo passaram a não servir mais carne.

“Essa decisão é um exemplo de como as empresas podem dar uma contribuição maior ao mundo”, disse Branson em sua passagem por São Paulo.

Fonte: Vista-se

Foto: Divulgação


Nenhum comentário:

Postar um comentário