Veganismo na infância - MiniVegano

    Reprodução YouTube


Neste Dia das Crianças, lembramos que seres humanos de todas as idades podem - e devem - ser veganos. Pelos animais, pela própria saúde e pelo planeta.

O MiniVegano, de 12 anos, é um pequeno grande exemplo disso. Em seu canal no YouTube e página no Facebook, ele fala sobre a causa animal, incluindo, claro, a alimentação vegana - e ensina também receitas sem crueldade animal.

Infelizmente, o veganismo na infância ainda é cercado de preconceito por puro desconhecimento. Muitas crianças querem parar de comer animais, mas são forçadas por seus pais ou mesmo enganadas por eles, que passam a camuflar carne em seus pratos.

Por isso, começamos hoje por aqui uma série sobre veganismo na infância, com textos das mais diversas fontes abordando diferentes aspectos sobre o assunto: gestação da mãe vegana, fase bebê, elaboração de um cardápio infantil vegano (e definitivamente bem mais saudável que uma alimentação com carne) etc.

Hoje já se sabe que o consumo de animais, além de levar dor, sofrimento, tortura e morte a seres inocentes, está acabando com o planeta. Aos poucos, as pessoas começam a perceber que cada um de nós podemos fazer nossa parte, apenas saindo um pouco da caixa e mudando nossos hábitos, a começar pelos alimentares. 

Contudo muitos ainda são resistentes a mudanças e, até mesmo tendo acesso a todas as informações, insistem em manter seus hábitos por pura preguiça e desconhecimento sobre como a alimentação vegana pode ser, além de saudável, deliciosa. 

Por isso, acreditamos que plantar esses hábitos já na infância é o melhor caminho, pois as crianças, além de não estarem de todo tomadas por "vícios alimentares", ainda mantêm o amor pelos animais em seu estado mais puro e podem se sensibilizar mais facilmente para o fato de que eles são seres vivos e sencientes e merecem uma vida livre e sem dor como qualquer um de nós.

Para começar, você já pode ler (ou reler) um artigo que já publicamos aqui no blogue: Veganismo na infância não é crime - os riscos da falta de informação, escrito pelo médico e mestre em nutrição Eric Slywitch.

E Nana Lacerda, mãe do Diego (o MiniVegano), também tem uma página no Facebook, em que procura conscientizar as pessoas sobre a causa animal em seus diversos temas: Vegana É a Mãe.

Abaixo, publicamos um dos vídeos do canal do YouTube do MiniVegano, Animal Sente, com ilustrações dele e de seus pais, e voz de sua mãe. Uma mensagem de enorme importância que deveria alcançar todos os animais humanos (sim, porque somos todos animais), transmitida em menos de três minutos de uma forma bonita e sensível. Assista:



Nenhum comentário:

Postar um comentário